ÁREA RESERVADA(iniciar sessão)
UtilizadorRegistar Entrar
Associação Desportiva Entrar
Home / Programas Municipais / Famalicão Trilhos / Caminhada Concelhia

12ª Caminhada Concelhia

7 de outubro, 14h30
12,5 km
Dificuldade difícil
Ponto de partida: Igreja de Vale S. Cosme

A XII caminhada concelhia apresenta um percurso com cerca de 12,5Km, que percorre Vale de S. Cosme, Sezures, Portela e Telhado.

Trata-se de um percurso circular, com o ponto mais baixo no rio Pelhe, perto da igreja de Telhado (169m) e o ponto mais alto nas imediações do Penedo das Letras (452m), que se recomenda seguir no sentido horário. Caracteriza-se por ser de nível difícil, mas agradável. Grande parte percorre monte e povoamento disperso, por caminhos e estradões de terra batida e paralelo.

Escolheu-se como ponto de partida o adro da igreja de S. Cosme engalanado com o seu coreto, cruzeiro e área de repouso. Inicia-se a subida pela rua da Igreja, seguindo pela do Sobreiral, para a do Bairro que conduz à das Cachadas e seguidamente, à de Lourido. Segue-se pela direita, para a rua do Bolo que conduz à do Castro da Bóca. Contornando o sopé do Outeiro do Castro, e atravessando os seus taludes defensivos, adentra-se paulatinamente, numa zona de mata mista, onde, a mão humana se desvenda no caminho de alcatrão que nos guia até às primeiras casas, já em Sezures.

Virando à direita, para a avenida das Cerdeirinhas, sobe-se até ao conjunto edificado de S. Vicente, onde poderá fazer uma pausa, para fruir de ampla vista para o vale do Este e retemperar energia. É tempo de continuar, trepar o monte, por entre um denso eucaliptal pincelado de penedia.

No cume, o famoso Penedo das Letras cujo nome se deve à gravação que assinala a passagem de Sua Majestade D. Miguel. Concluídas as penas, dá-se início à descida, em direção à Portela. A poucos metros, o Monte Redondo, classificado como Monumento Nacional, lembra que estas paragens são percorridas desde o 1º milénio a.C. Já a meia encosta, deparamo-nos com alguns tramos de lajeado pertencentes à via romana XVI, que vamos percorrer até às traseiras do parque da Portela e da nascente do Rio Pelhe.

Transpõe-se o vale, pela N309 e rua de Janaz. Subindo a rua Manuel Soares Leite, passa-se a Igreja da Portela para tomar, logo adiante, a avenida do Calvário, á direita, seguindo, a meia encosta, pela rua da Bica, ladeando as pedreiras, por um caminho de terra batida sulcado no eucaliptal que nos conduz, de volta, ao vale que se cruza. Seguindo na direção da igreja de Telhado, pela avenida Pinheiro, atravessa-se a N309, para o largo da igreja e, perseguindo pelo caminho da igreja, e carreiros entre campos de cultivo acede-se à avenida de Melhe. Daqui o regresso faz-se por caminhos de Santiago, na ladeira Sul do monte do Penedo das Letras, até ao nosso ponto de partida.

Inscrições

As inscrições encontram-se encerradas.

Poderá inscrever-se presencialmente no local no próprio dia.

Galeria de Fotos